Ronaldo Fenômeno do Milan com travestis em motel da Barra

Escrito por: -

Veja as fotos da confusão de Ronaldo com os travestis no motelVeja as fotos da confusão de Ronaldo com os travestis no motelVeja as fotos da confusão de Ronaldo com os travestis no motelVeja as fotos da confusão de Ronaldo com os travestis no motelVeja as fotos da confusão de Ronaldo com os travestis no motelVeja as fotos da confusão de Ronaldo com os travestis no motelVeja as fotos da confusão de Ronaldo com os travestis no motelVeja as fotos da confusão de Ronaldo com os travestis no motelVeja as fotos da confusão de Ronaldo com os travestis no motel

Quando todo mundo acreditava que Daniela Cicarelli havia feito a coisa mais surpreendente de todos os tempos, logo após terminar com Ronaldo Fenômeno. Aquele caso que foi carinhosamente denominado de Cicarelli.

Agora, é a vez de Ronaldo que se envolveu em confusão no motel com travestis. O jogador do Milan, da Itália, esteve na manhã desta segunda-feira na delegacia da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, após uma discussão com três travestis na madrugada em um motel também na Barra.

Ao delegado titular da 16ª DP, Carlos Augusto Nogueira Pinto, responsável pelo caso, Ronaldo disse que foi à boate 021, na Barra, comemorar a vitória do Flamengo sobre o Botafogo pela final do campeonato estadual do Rio. Ao sair da boate, Ronaldo contratou um travesti, acreditando que fosse uma mulher. Os dois foram para um motel no mesmo bairro, onde o travesti chamou outros dois colegas. No motel, Ronaldo percebeu que as três prostitutas se tratavam na verdade de travestis e dispensou o serviço deles.

“A versão dele é mais confiável, pois o travesti foi embora no meio do seu depoimento. De zero a 10, dou nove para o depoimento do Ronaldo. Ele estava muito emocionado, disse que saiu para se divertir e que não queria que a imprensa ficasse sabendo do caso. O Ronaldo me disse que está passando por problemas psicológicos, em função da recuperação”, diz o delegado.

O travesti André Luis Ribeiro Albertini, conhecido como Andréa, filmou o atacante Ronaldo, do Milan, em delegacia na Barra da Tijuca, onde o jogador foi acusado de contratar um programa e não pagar.

Até aí, a versão do jogador e do único dos travestis que foi à delegacia é a mesma, segundo Pinto. As diferenças começam quando ambos relatam a discussão que ocorreu no motel.

Ronaldo diz que dispensou o serviço dos três e pagou R$ 1.000 a cada uma. Dois deles foram embora, mas o terceiro, segundo Ronaldo, exigiu R$ 50 mil para não relatar o caso à imprensa, iniciando o bate-boca. Na versão do travesti, Ronaldo não quis pagar pelo serviço e ainda os ameaçou de agressão se eles divulgassem o caso.

O jogador teria ficado revoltado com a tentativa de extorsão e, após um escândalo do travesti na porta do motel, a polícia foi chamada. De acordo com o delegado, o atacante foi sozinho à DP prestar depoimento de manhã. Carlos Augusto Nogueira diz acreditar mais na versão do jogador:

Na tarde desta segunda, outro travesti envolvido na polêmica, identificado apenas como Carla, foi chamado para depor e foi recebido pelo delegado. Carlos Augusto Nogueira afirmou que quer conversar ainda com o terceiro travesti, mas descartou a hipótese de ouvir de novo André Albertino. Ronaldo será chamado para depor novamente, em outra data.

O delegado informou que vai instaurar inquérito baseado em ameaça de lesão corporal (pois Ronaldo teria ameaçado agredir os travestis, o que acabou não acontecendo) e ameaça de extorsão.

Fonte: Folha - Vídeo: Youtube - Fotos: Globo Esporte

Votar no artigo:
4.00 nos 5.00 baseado nos 1 votos.  
 
  • nickname Commento numero 1 su Ronaldo Fenômeno do Milan com travestis em motel da Barra

    Posted by:

    este safado não sabe a diferença entre uma mulher e um traveco, vai saber a diferença de um estadio com hospital. Publicado Date —